logoSBBSIIazul

02 a 06 de outubro de 2017

MINI-CURSO: Morcegos como ferramenta de proteção de cavernas

Ministrado por: Maricélio de Medeiros Guimarães - Panorama Ambiental

Público Alvo: Bioespeleólogos, quiropterólogos, espeleólogos, consultores ambientais, graduandos e demais interessados na proteção das cavernas.

Ementa:

  • Diversidade de morcegos brasileiros e quais são cavernícolas;
  • Importância dos morcegos para manutenção do ecossistema cavernícola e a importância das cavernas para os morcegos;
  • Estudos sobre morcegos e cavernas;
  • Análises da quiropterofauna para determinação do grau de relevância das cavernas;
  • Área de vida dos morcegos e a determinação da Área de Influência da Caverna;
  • Como proteger as cavernas utilizando como ferramenta os estudos ambientais sobre os morcegos.

Bibliografia básica:

BRASIL, 2009. MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE - MMA.  Instrução Normativa nº 002, de 20 de agosto de 2009.  Disponível em:  http://www.in.gov.br/imprensa/visualiza/ index.jsp?jornal=1&pagina=68&data=21/08/2009

Reis, N. R.; Fregonezi, M. N.; Peracchi, A. L.; Shibatta, O. A. 2013. Morcegos do Brasil: Guia de campo. Thecnical Books Editora. 1. Ed. Rio de Janeiro-RJ, 2013. 252p.

Guimarães, M. M.; Ferreira, R. L. 2014. Morcegos cavernícolas do Brasil: novos registros e desafios para conservação. Revista Brasileira de Espeleologia, 2(4): 1-33.



MINI-CURSO: Geossistemas carbonáticos – Panorama sistêmico do meio físico cárstico (Conceitos e aplicações)

Ministrado por: Mylène Berbert-Born - Serviço Geológico do Brasil - CPRM

Público-alvo: Pesquisadores e profissionais que atuam em terrenos cársticos; estudantes com conhecimentos básicos de espeleologia.

Ementa:

  • Sistemas e geossistemas – breve revisão conceitual;
  • Organização cárstica: dimensões espaço-temporais sistêmicas e fatores determinantes;
    • à estrutura: componentes/variáveis, vínculos, escalas, compartimentos, estágios e tipos;
    • ao funcionamento: parâmetros, processos, interatividade/ interdependências, controle, evolução);
  • Fragilidade e vulnerabilidade dos ambientes cársticos (perspectiva física);
  • Ferramentas de diagnóstico e prognóstico ambiental aplicadas ao carste (perspectiva física).

Bibliografia básica:

Sánchez, L.E.; Lobo, H.A. (Orgs.) 2016. Guia de Boas Práticas Ambientais na Mineração de Calcário em Áreas Cársticas. Campinas, Soc.Bras.Espel. 263pp. (disponível em http://www.sbe.com.br/guia_mineracao_carsticas.asp)

Ford, D.; Williams, P. 2007. Karst Hydrogeology and Geomorphology. Chichester: John Wiley & Sons, England, 562pp.

Christofoletti, A. 1999. Modelagem de Sistemas Ambientais. São Paulo, Edgard Blucher, 236pp.


MINI-CURSO: Aspectos biológicos e morfológicos  de diplópodes cavernícolas no Brasil

Ministrado por: Luiz Felipe Moretti Iniesta - Universidade de São Paulo 

Público-alvo: Bioespeleólogos e consultores com prévio conhecimento sobre biologia animal

Ementa:

  • Breve histórico dos estudos de diplópodes no Brasil;
  • Distribuição dos grupos no país;
  • Sistemática e principais características identificáveis;
  • Noções básicas sobre morfologia externa e genital dos principais grupos cavernícolas;
  • Diferencas taxonômicas entre espécies e suas problematizações;
  • Desafios e perspectivas.

Bibliografia básica:

Material impresso desenvolvido pelo ministrante.

 

 


MINI-CURSO:  Fundamentos para o estudo dos opiliões troglobios brasileiros

Ministrado por: Dr. Abel Pérez González - Museo Argentino de Ciencias Naturales "Bernardino Rivadavia" - CONICET, Argentina.

Público-alvo: Biólogos ou estudantes de Biologia que tenham aprovado a Zoologia de Invertebrados (Artrópodes).

Desejável: Com noções de Sistemática e taxonomia.

Ementa

  • O que é um opilião?
  • Noções básicas da morfologia externa e genital;
  • Sistemática e biogeografia da Ordem com ênfase no Brasil;
  • Opiliões troglobios brasileiros: a) Familia Gonyleptidae; b) Família Escadabiidae; c) Família Kimulidae;
  • Desafios e perspectivas;
  • Considerações finais.

 Bibliografia básica:

Pinto-da-Rocha, R., Machado, G., & Giribet, G. (2007). Harvestmen: the biology of Opiliones. Harvard University Press, 608 pp.